quinta-feira, 18 de março de 2010

AINDA O AMOR

TE VER
E NÃO MERGULHAR DE CABEÇA DURA NO TEU CORPO
É COMO RETRATAR UM PAVÃO EM PRETO E BRANCO

sábado, 13 de março de 2010

AMOR

Ele deu um beijo nela, abriu a porta do carro e disse:
- Te amo.
- É a primeira vez que você diz.
- Pois é.
Então desceu do carro. Ela ficou lá dentro sorrindo e ele foi caminhando feliz, querendo que aquele momento durasse para sempre. Ao mesmo tempo se sentia fragilizado, um idiota. Era só o início.