domingo, 13 de setembro de 2009

LIMÃO

para todos aqueles amigos que não vejo há tanto tempo.

PORQUE o homem está sentado no meio da ponte em silêncio
De mãos dadas com o velho
De mãos dadas com o menino
PORQUE um novo dia virá de leste a oeste
Tenhamos ou não esperanças
PORQUE todo homem sabe tanto quanto todo menino
PORQUE todo homem precisa de proteção e de um Deus amoroso
PORQUE muitos amigos vão caindo pela estrada
PORQUE muitos amores vão correndo pra outras camas
PORQUE os cães da infância estão mortos
PORQUE só nos resta acreditar...

Eu vou fazer um som com meus amigos

PORQUE meu sangue gela nas veias
PORQUE os canalhas vencem sempre
E porque a única coisa que um homem de bem pode fazer nestes tempos escrotos é fracassar
PORQUE as portas estão sempre fechadas
E meus sonhos estão caindo em espiral feito pássaros feridos
PORQUE eu quero cobrir de flores tua alma quebrada
PORQUE a verdade realiza prodígios
PORQUE eu sou só um homem tentando ser o meu melhor...

Eu vou fazer um som com meus amigos

PORQUE o sol me dói no corpo
PORQUE a chuva me deixa triste como um bicho morto no acostamento da estrada
PORQUE eu já machuquei muita gente
PORQUE eu já fui ferido profundamente
PORQUE não sabemos
PORQUE morremos...

Eu vou fazer um som com meus amigos.

Vão cruzar muitas fronteiras
Os acordes da canção
Vão fazer a moça triste sorrir e os velhos cantarem de braços dados
como se fossem meninos na formatura de uma pré-escola
Os acordes da canção
Vão fazer os amigos lembrarem de amigos há muito esquecidos
Os acordes da canção
E os pássaros dirão estarrecidos:
- Podemos cantar juntos o refrão?

5 comentários:

Adriana Godoy disse...

Ei, Daniel, sinto um certo saudosismo nos seus versos. O poema é belo como os amigos que se vão e que a gente reecontra por aí."PORQUE muitos amigos vão caindo pela estrada" Gostei disso, gostei do poema inteiro. Só não entendi o título. beijo.

ronaldo braga disse...

um novo dia sempre vira a questão é saber pra quem?
e cara o que um homem pode agora é realmente somente fracassar.
daniel os tempos são bicudos nós os homens implodimos e daí a necessidade do viagra. é preciso agora a revolução dos homens, por que agora eu só posso dizer viva as mulheres.

ronaldo braga disse...

e sobre o titulo: genial.
limão.

On The Rocks disse...

hey man,

do caralho!

faça mesmo um som com seus amigos!

vou apostar.

abs

Luciano Fraga disse...

Daniel amigo, voltei lento,lendo e relendo as belas poesias dos amigos, agradeço sinceramente seu apoio e sua palavra amiga.A vida segue vazia e azeda com suas questões cruciais e superar nossa própria cruz é o desejo maior,faremos um som, sim, forte abraço.